Quando os paradigmas mudam na saúde pública, o que muda na história?

Para Guilherme Arantes Mello, o discurso da Fundação Rockefeller sobre os centros de saúde ainda se configura como a última ruptura paradigmática holística da saúde pública brasileira

Conferência sobre saúde pública e sociedade reunirá pesquisadores da América Latina e do Caribe

Magali Romero Sá explica a importância do evento que será realizado em Trinidad e Tobago em 2016 e revela os principais tópicos a serem abordados.

Dossiê História & Saúde: com a varíola, nasce a saúde pública

A edição da revista História Viva, de dezembro de 2014, traz dossiê sobre “Guerras às Epidemias “

Cuidar da saúde do vizinho

Atuação do antropólogo Charles Wagley no Serviço Especial de Saúde Pública
Artigo de Regina Érika Domingos de Figueiredo

Limpando o mundo do germe da preguiça

Higiene, saneamento e população javanesa no Suriname
Artigo de Rosemarijn Hoefte

1935 – Islândia se torna primeiro país a legalizar aborto por motivos médicos e sociais

1935 – Islândia se torna primeiro país a legalizar aborto por motivos médicos e sociais">

Prática, porém, já havia sido permitida em outros momentos da história humana, como na Grécia Antiga