“Quanto mais o isolamento social funcionar, mais parecerá desnecessário”

A frase que circulava nas redes sociais se concretizou em Minas Gerais, conta Anny Jackeline Torres Silveira, professora da UFOP e do Programa de Pós-Graduação em História da UFMG, no especial História e Coronavírus, do Blog de HCS-Manguinhos. De março até meados de maio, graças à rapidez na decisão pelo distanciamento social e à sua observação satisfatória pela população, a Covid seguia sob controle, mas a reabertura levou ao aumento dos casos.

‘A história agora parece mais do que nunca sábia e fascinante’

Na Carta do Editor do novo número da revista História, Ciências, Saúde – Manguinhos, o editor-científico Marcos Cueto reflete sobre o papel dos historiadores perante as crises causadas pela pandemia de Covid-19 e destaca textos publicados nos blogs da revista

Troco uma máscara por alimento: fome e pobreza na Covid-19

Por mais que tenha sido, por breves momentos, considerada superada na trajetória brasileira, a fome mostra-se, em especial nos momentos de crise econômica, um pesado traço de um passado que não passa, afirma Rômulo de Paula Andrade, pesquisador do Departamento de Pesquisa em História das Ciências e da Saúde da Casa de Oswaldo Cruz/Fiocruz, no especial Covid-19 da Casa

Covid-19 avança em Moçambique

Província de Nampula tem rápida propagação de casos. Para Cardoso Armando, doutorando em Estudos Étnicos e Africanos na Universidade Federal da Bahia, pode haver grande subnotificação.

Especial Covid-19 | Quando as doenças viram números

As estatísticas tornam conhecidas as várias faces locais da pandemia e possibilitam a atuação de estados e municípios de forma eficiente e rápida na distribuição de recursos e no socorro à população, afirma Thayane Lopes Oliveira no Especial Covid-19 da Casa de Oswaldo Cruz.

Pandemia na África do Sul

“A maioria dos sul-africanos vive em favelas densamente povoadas, nas quais o distanciamento é extremamente difícil, se não for impossível”, conta Colin Darch, da Universidade da Cidade do Cabo.

A interiorização da Covid-19 na Amazônia: reflexões sobre o passado e o presente da saúde pública

“As assimetrias nos modos de viver, adoecer e morrer na região sublinham as discrepâncias históricas da cidadania no Brasil”, afirma Érico Silva Muniz, professor de História da Universidade Federal do Pará, no especial História e Coronavírus do Blog de HCS-Manguinhos.

A covid-19 no Ceará

Almir Leal de Oliveira, professor de História da Universidade Federal do Ceará, conta que os casos se deslocaram rapidamente da parte mais rica de Fortaleza para os bairros mais populosos e pobres. “A dinâmica da expansão da epidemia no Ceará foi determinada pelas condições locais que apontam a desigualdade social e a densidade populacional”, escreve no Blog de HCS-Manguinhos.

Seminário online debate os 120 anos da Fiocruz e as pandemias em perspectiva histórica

Para marcar o aniversário da instituição, a Casa de Oswaldo Cruz/Fiocruz transmitirá debate ao vivo no Facebook na sexta-feira, 29/5.

A cultura da sobrevivência, as epidemias e a história na América Latina

Pesquisador da Casa de Oswaldo Cruz/Fiocruz e editor científico da revista História, Ciências, Saúde – Manguinhos, Marcos Cueto afirma que as respostas às epidemias foram paliativas e assistencialistas, verticais e autoritárias