Site reúne informações e fotos sobre imigração e saúde no estado de São Paulo

Setembro/2018

Entre os anos de 1881 e 1915, cerca de 31 milhões de pessoas deixaram o Velho Mundo em direção ao Novo Mundo; destes, 2,9 milhões vieram para o Brasil. Em comemoração aos 80 anos do Sindicato dos Hospitais, Clínicas, Laboratórios e demais estabelecimentos de Saúde do Estado de São Paulo (SindHosp), foi criado um site que divulga a história da saúde articulada com a história da imigração em São Paulo entre os anos de 1889 – 1940. O site também reúne informações sobre trajetórias institucionais e pessoais, edifícios, objetos, documentos e a situação dos acervos do patrimônio cultural da saúde no estado, sendo um espaço em constante alimentação e aberto a contribuições. O trabalho enfatiza a fase imigratória da virada do século XIX para o século XX, período de imigração massiva, e as implicações dessa imigração para a configuração da saúde em São Paulo. As transformações demográficas foram muito expressivas no período: a população paulista cresceu de 837.354 habitantes em 1872 para 2.282.279 em 1900. Uma das implicações desse grande movimento de pessoas entre continentes foi a intensa circulação de microorganismos causadores de epidemias e pandemias, que espalharam sofrimento e apreensão em cada porto, travessia, estada. E o receio de contaminação era recíproco: tanto os brasileiros tinham medo das doenças epidêmicas trazidas pelos imigrantes europeus, como os europeus tinham medo das doenças endêmicas do Brasil, tornando-se grande a preocupação nos dois continentes. Para saber mais, acesse o site Memória Saúde: https://memoriasaude.org.br/ Leia no Blog de HCS-Manguinhos: Pesadelo de além-mar Navios que chegaram ao Rio cheios de imigrantes infectados tiveram tratamentos diferentes em 1893 e 1907, conta Fernanda Rebelo, da UFBA. Leia em HCS-Manguinhos: Rebelo, Fernanda. Entre o Carlo R. e o Orleannais: a saúde pública e a profilaxia marítima no relato de dois casos de navios de imigrantes no porto do Rio de Janeiro, 1893-1907, vol.20 no.3 Rio de Janeiro jul./set. 2013 El-Dine, Lorenna Ribeiro Zem. Eugenia e seleção imigratória: notas sobre o debate entre Alfredo Ellis Junior, Oliveira Vianna e Menotti Del Picchia, 1926. Dez 2016, vol.23, suppl.1 Lódola, Soraya and Góis Junior, Edivaldo Teorias sobre a propagação da febre amarela: um debate científico na imprensa paulista, 1895-1903. Set 2015, vol.22, no.3 Faria, Lina. A Casa de Geraldo de Paula Souza: texto e imagem sobre um sanitarista paulista. Dez 2005, vol.12, no.3 Bertucci-Martins, Liane Maria. Entre doutores e para os leigos: fragmentos do discurso médico na influenza de 1918. Abr 2005, vol.12, no.1 Telarolli Junior, Rodolpho. Imigração e epidemias no estado de São Paulo. Out 1996, vol.3, no.2

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *