Saúde na imprensa em debate no Museu de Saúde Pública Emílio Ribas, em São Paulo

Setembro/2017

Clique para aumentar

“Saúde na imprensa” é o tema da mesa-redonda que será realizada na quinta-feira, 28 de setembro, às 15h, no Museu de Saúde Pública Emílio Ribas, em São Paulo, que custodia importante acervo de história da saúde do estado. Muitas teses e dissertações são elaboradas a partir deste acervo, e o evento contribuirá para socializar o conhecimento produzido em diferentes áreas de conhecimento. Pesquisadores que analisam como a saúde foi representada na imprensa paulista apresentarão e debaterão as suas pesquisas:

Não há cura sem anúncio: ciência, medicina e propaganda – São Paulo (1930-1939). O historiador Gabriel Kenzo apresentará trabalho fruto de dissertação de mestrado no Programa de História da PUC/SP;

À margem das páginas: o papel da imprensa no isolamento compulsório de hansenianos. O jornalista Guilherme Gorgulho apresentará sua pesquisa do mestrado em Divulgação Científica da Unicamp;

Jeca Tatuzinho – a obra de maior divulgação em todo Brasil. Evandro Avelino Piccino apresentará sua pesquisa de mestrado em andamento no Programa de História da PUC/SP,

Na ocasião será lançado o livro “Não há cura sem anúncio: ciência, medicina e propaganda, São Paulo (1930-1939)”, de autoria de Gabriel Kenzo, publicado pela AnnaBlume. Ele organizou ainda uma pequena mostra do seu trabalho, com a divulgação de algumas imagens analisadas em sua pesquisa. A mostra poderá ser visitada no Museu Emílio Ribas entre os 28 de setembro e 01 de dezembro.

Programa
28 de setembro de 2017
15h – Mesa-redonda: Saúde na imprensa
17h – Lançamento: “Não há cura sem anúncio: ciência, medicina e propaganda – São Paulo (1930 – 1939)”
Local: Museu de Saúde Pública Emílio Ribas (Rua Tenente Pena 100)

Fonte: Museu de Saúde Pública Emílio Ribas

Leia em HCS-Manguinhos:

Malaquias, Anderson Gonçalves. O micróbio protagonista: notas sobre a divulgação da bacteriologia na Gazeta Médica da Bahia, século XIX. Set 2016, vol.23, no.3

Silva, Gabriela Martins and Rasera, Emerson Fernando A construção do SUS-problema no jornal Folha de S. Paulo. Mar 2014, vol.21, no.1

Lódola, Soraya and Góis Junior, Edivaldo Teorias sobre a propagação da febre amarela: um debate científico na imprensa paulista, 1895-1903. Set 2015, vol.22, no.3

Medeiros, Flavia Natercia da Silva. Fora da ordem natural: a natureza nos discursos sobre a clonagem e a pesquisa com células-tronco em jornais brasileiros. Nov 2013, vol.20, suppl.1

Almeida, Maria Antónia Pires de. A epidemia de cólera de 1853-1856 na imprensa portuguesa. Dez 2011, vol.18, no.4, p.1057-1071.

Jacobina, Ronaldo Ribeiro and Gelman, Ester Aida. Juliano Moreira e a Gazeta Medica da Bahia. Dez 2008, vol.15, no.4

Amaral, Marivaldo Cruz do. Mulheres, imprensa e higiene: a medicalização do parto na Bahia (1910-1927). Dez 2008, vol.15, no.4

Leave a Reply