Rio nos tempos do cólera

Abril/2013

Carlos Roberto Bastos Freitas | Revista de História

carta-delegacia(1)O município de São Fidélis (RJ) foi atingido por uma epidemia de cólera morbus em 1867. No dia 20 de setembro, o governo da província do Rio de Janeiro publicou uma portaria que solicitava às câmaras municipais de São Fidélis e de Campos dos Goytacazes – município vizinho – a contratação de um “facultativo” (médico) para atender aos doentes. Como a resposta não veio e o número de casos crescia – incluindo dois fatais – um novo ofício foi expedido no dia 11 de outubro.

O documento foi elaborado por várias pessoas. No caso, três. O autor intelectual é um escrivão não identificado, tendo em vista a qualidade da escrita. A assinatura é do delegado João José Soares Júnior, feita com outro instrumento de escrita, tinta mais escura e mão mais pesada, diferença facilmente identificável. Na parte superior há um despacho escrito por uma terceira pessoa.

Algumas iniciais (I, S, D e E) estão em tamanho avantajado, desproporcional em relação ao restante do texto. No mais, a escrita tem peso equilibrado, mantendo-se homogênea no decorrer do texto e tornando-se mais forte nas maiúsculas iniciais. A letra é humanística cursiva, de traçado regular e leve, delgada, com inclinação à direita, característica da segunda metade do século XIX. Ainda não havia regras fixas de pontuação, acentuação e separação de palavras. No documento são usadas poucas abreviaturas, de fácil entendimento. Apenas o despacho do topo e a assinatura apresentam alguma dificuldade.

Leia a matéria completa na Revista de História

Leia o artigo “Mortalidade escrava durante a epidemia de cólera no Rio de Janeiro (1855-1856): uma análise preliminar” de Kaori Kodama, Tânia Salgado Pimenta, Francisco Inácio Bastos, Jaime Gregorio Bellido no Scielo

Como viviam e morriam os escravos no Brasil?
Treze artigos inéditos do suplemento Saúde e Escravidão da revista História, Ciências, Saúde – Manguinhos revelam como viviam, adoeciam, eram curados ou morriam os escravos e libertos.

Em inglês:

Cholera among slaves in 19th century Brazil

 

Leave a Reply