Projeto conjunto de HCS-Manguinhos e do Journal of Latin American Studies recebe bolsa da British Academy

Agosto/2015

British_Academy_logoO projeto Latin American Studies Journals in the Twenty-First century: The UK and Brazilian experiences, apresentado pela revista História, Ciências, Saúde– Manguinhos em conjunto com o Journal of Latin American Studies, editado pela Cambridge University Press, uma das principais revistas acadêmicas do mundo, recebeu a renomada bolsa Newton Mobility Grant, da British Academy, para ciências humanas e sociais. O objetivo desse projeto de um ano, que terá início em setembro de 2015, é fortalecer a colaboração entre as comunidades acadêmicas do Brasil e do Reino Unido, em particular no campo dos estudos sobre América Latina, por meio da troca de conhecimentos e expertises quanto a edição, gerenciamento  e publicação de revistas acadêmicas. O projeto prevê visitas mútuas dos editores ao Reino Unido e ao Brasil, incluindo palestras e reuniões com o objetivo de facilitar a transferência de conhecimentos e capacidades, além da realização de um workshop previsto para junho de 2016, que também contará com editores de outras revistas acadêmicas do Reino Unido e da América Latina. Nesse workshop deverão ser discutidos assuntos relevantes para as publicações, como politicas de acesso aberto, parcerias entre bibliotecas universitárias (como locais para armazenar material impresso), formatos digitais, uso da internet para divulgação (Facebook, blogs, Twitter), interesses e características de leitores, autores e revisores, além da organização interna de revistas acadêmicas. De um modo geral, o projeto tentará responder algumas perguntas cruciais, como: qual o papel das revistas de estudos latino americanos para a formação e disseminação do conhecimento na América Latina?; Até que ponto o viés interdisciplinar adotado pela história e pelas ciências sociais se refletiu nas revistas acadêmicas de estudos latino americanos?; O inglês é o idioma principal da comunicação acadêmica nesse campo de estudo?; Quais são as implicações disso para as revistas acadêmicas publicadas em outros idiomas?; Quais são as melhores práticas editoriais no Reino Unido e na América Latina?; São elas transferíveis?; Quais são os desafios e oportunidades para as revistas acadêmicas sobre estudos latino americanos?; Quais as medidas que precisam ser tomadas para desenvolver as capacidades acadêmicas nos países de renda média como o Brasil?; O que os acadêmicos do Reino Unido podem aprender com a experiência de seus colegas do Brasil e de outros países da América Latina? Além de ajudar a aumentar a visibilidade internacional de ambas as revistas, este projeto irá unir as duas experiências com o objetivo de melhorar a qualidade acadêmica de ambos os periódicos. Identificaremos as políticas editoriais que podem funcionar em um país desenvolvido e em um de renda média, como o Brasil, que desempenha um papel de liderança na área das publicações acadêmicas na América Latina. Trabalharemos ainda na criação de um banco de dados comum de possíveis revisores (identificar revisores qualificados e adequados é sempre uma tarefa difícil para os editores). Para a revista brasileira, essa será uma oportunidade para treinar sua equipe e corpo editorial e, desse modo, melhorar o desempenho da publicação. Em suma, o projeto será uma experiência extraordinária e um grande aprendizado na área da cooperação acadêmica  internacional. O blog História, Ciências, Saúde – Manguinhos irá publicar em breve uma entrevista com Paulo Drinot, editor do Journal of Latin American Studies e professor sênior na University College London, que fornecerá mais detalhes sobre esse importante projeto.  

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *