Políticas do mar

Janeiro/2015

O mar sempre foi uma vocação portuguesa. A formulação de políticas científicas e suas dimensões estratégicas em diferentes conjunturas históricas e ciclos de desenvolvimento do início do século XX à Revolução de 1974 são o tema do artigo “O mar como ciência: instituições e estratégias da investigação sobre o mar em Portugal no século XX (da Primeira República à democracia)”, de Maria Fernanda Rollo, Maria Inês Queiroz e Tiago Brandão, da Universidade Nova de Lisboa. Os autores buscam compreender como organismos foram sendo estruturados de acordo com as agendas nacionais e internacionais de ciência e o seus papéis centralizadores ou reguladores, especialmente no pós-Segunda Guerra. Também é discutida a afirmação do papel do Estado na identificação, avaliação e conservação de recursos marítimos e a inovação tecnológica de suporte à investigação científica que as políticas de defesa da paz comum e a cooperação internacional assumiram como desígnio. O artigo integra a edição Oceanos e mares: histórias, ciências e políticas de História, Ciências, Saúde – Manguinhos (vol.21 no.3 , jul./set. 2014).
Praia da Marinha, Algarve, Portugal. Foto: Wikipedia.

Praia da Marinha, Algarve, Portugal. Foto: Wikipedia.

Leia em HCS-Manguinhos: O mar como ciência: instituições e estratégias da investigação sobre o mar em Portugal no século XX (da Primeira República à democracia), artigo de Maria Fernanda Rollo, Maria Inês Queiroz e Tiago Brandão Edição Oceanos e mares: histórias, ciências e políticas (vol.21 no.3 , jul./set. 2014). Outros destaques no blog de HCS-Manguinhos: Oceanos e mares em HCS-Manguinhos Onze artigos abordam desde a passagem do navio Beagle pelo Brasil até o mito do Kraken. O mar no museu Artigo de Maurício de Mattos Salgado discute o papel educativo dos aquários e a musealização do espaço para divulgar conteúdos de zoologia, ecologia e conservação Kraken! Artigo de B. Rodrigo e Barbara M. Tomotani discute o mito do monstro marinho e as pesquisas sobre o ser que o inspirou. O Beagle no Brasil Gabriel Passetti traça relações entre relatos do comandante Robert FitzRoy e estratégias expansionistas britânicas O astrolábio e a arte de navegar Heloisa Meireles Gesteira explora livro do cosmógrafo-mor do reino de dom João V, Manuel Serrão Pimentel. Os primórdios da fotografia subaquática Alejandro Martínez, da Universidade Nacional de La Plata, revela os desafios desta tecnologia inovadora de 1890 a 1910 Pontes continentais? As teorias do cientista alemão Hermann von Ihering são discutidas em artigo de Maria Margaret Lopes e Irina Podgorny na edição deHCS-Manguinhos sobre oceanos. Como citar este post [ISO 690/2010]:
Políticas do mar. Blog de História, Ciências, Saúde – Manguinhos. [viewed 2 January 2015]. Available from: http://www.revistahcsm.coc.fiocruz.br/politicas-do-mar

No comments

Trackbacks/Pingbacks

  1. Políticas do mar - [...] Ciências, Saúde – Manguinhos. [viewed 2 January 2015]. Available from: http://www.revistahcsm.coc.fiocruz.br/politicas-do-mar Artigo original Tags: CapaDestaqueMaria Fernanda RolloMaria Inês Queirozpolíticas…

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *