O Rio em prosa e fitas

Novembro/2013

969940_477576602334281_723131749_nCenário de sonhos e tragédias, cidade síntese do Brasil, o Rio de Janeiro é considerado a capital do cinema nacional, sede dos mais variados empreendimentos cinematográficos desde os primórdios da sétima arte. É essa estreita ligação entre o Rio e o cinema que a 12ª edição do Festival Internacional de Cinema de Arquivo – REcine 2013 vai exibir em sua Mostra Informativa, com filmes e documentários que apresentam a cidade maravilhosa em suas diversas perspectivas, expondo também a variedade humana e o estilo carioca de ser, em diferentes épocas. O homenageado desta edição é o ator e cineasta Hugo Carvana, uma das figuras mais representativas do cinema carioca. A principal atração da noite de abertura do REcine, dia 25 de novembro, é o filme “Rio de Memórias”, de José Inácio Parente, uma emocionante viagem no tempo que mostra através de fotos a evolução da cidade do Rio de Janeiro entre 1840 a 1930. No dia 28 de novembro, às 20 horas, é a vez de celebrar os 80 anos de “Ganga bruta”, filme de Humberto Mauro, com a exibição de uma cópia restaurada deste que é considerado um marco na história de nosso cinema. O festival guarda ainda outras surpresas para a Mostra Informativa. Neste ano, o REcine firmou uma parceria com a Cinemateca do Museu de Arte Moderna (MAM), espaço histórico de encontros e debates da classe cinematográfica brasileira, e vai exibir sessões dedicadas aos primeiros filmes realizados no Rio de Janeiro, que estão sob a guarda da Cinemateca. Já a parceria com o Centro Técnico Audiovisual (CTAv), da Secretaria do Audiovisual/Ministério da Cultura, traz para a Mostra Informativa do REcine uma seleção de reportagens praticamente inéditas sobre o cinema do país nos efervescentes anos 70, produzidas pelo Setor de Rádio e Televisão (SRTV) da Embrafilme, no período de 1976 a 1980. A Mostra Competitiva de filmes segue premiando as melhores produções que utilizam imagens de arquivo, no intuito de incentivar a preservação e o reaproveitamento de acervos audiovisuais. A programação do festival inclui também mesas de debates sobre preservação audiovisual. E o décimo número da Revista REcine traz um dossiê ricamente ilustrado sobre a relação da cidade do Rio de Janeiro com o cinema. São 16 artigos e uma entrevista exclusiva com o fotógrafo e cineasta José Inácio Parente. Não perca o REcine 2013! De 25 a 29 de novembro no Arquivo Nacional. A entrada é franca. Visite o site do Arquivo Nacional Leia em HCSM: n1a10f13Os cinematógrafos do Rio de Janeiro (1896-1925), de Renato da Gama-Rosa Costa              

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *