O Beagle no Brasil

Novembro/2014

Os escritos sobre o Brasil de Robert FitzRoy, capitão britânico do navio HMS Beagle, famoso por trazer a expedição de Charles Darwin, são o tema de Gabriel Passetti no artigo “O Brasil no relato de viagens do comandante Robert FitzRoy do HMS Beagle, 1828-1839”, publicado na edição Oceanos e mares: histórias, ciências e políticas de História, Ciências, Saúde – Manguinhos (vol.21 no.3 , jul./set. 2014).

Augustus Earle, Corcovado mountain, 1839 (FitzRoy, 1839, v.1, p.188)

Augustus Earle, Corcovado mountain, 1839 (FitzRoy, 1839, v.1, p.188)

O artigo apresenta algumas das conclusões de Passetti na sua pesquisa de doutorado em História Social pela Universidade de São Paulo (USP).  Ele traça relações entre as anotações do capitão FitzRoy e as estratégias da Grã-Bretanha para a expansão do seu império.

Passetti, que é professor do Instituto de Estudos Estratégicos da Universidade Federal Fluminense, examina as preocupações e estratégias britânicas logo após a derrota de Napoleão e mostra como forças científicas, econômicas e políticas estavam interessadas ​​em financiar expedições como o Beagle. Segundo o autor, FitzRoy, um dos inúmeros exploradores da primeira metade do século XIX, tinha ligações políticas com a corte e a Marinha.

Em relato publicado em Londres em 1839, o capitão criticava as estruturas econômicas e sociais brasileiras e se mostrava cético sobre a capacidade do país se organizar politicamente. Além disso, ele condenava a dependência do Brasil da escravidão – sistema que ele combatia.

Por outro lado, tais descrições de viajantes sobre a América do Sul estavam em sintonia com os interesses de expansão do Império Britânico e a necessidade de legitimar sua conquista do território defendendo um modelo de gestão e exploração considerado mais justo e eficiente.

A pesquisa de Passetti recebeu menção honrosa do Prêmio Capes de Teses em História e foi o ganhador do Prêmio USP de História Social, ambos em 2011.

Leia em HCS Manguinhos:

O Brasil no relato de viagens do comandante Robert FitzRoy do HMS Beagle, 1828-1839 – Artigo de Gabriel Passetti (vol.21, n.3, set 2014)

Sumário da edição “Oceanos e mares: histórias, ciências e políticas” (vol.21 no.3 Rio de Janeiro jul./set. 2014)

Artigos no Dossiê Darwinismo (volume 8, número 3, de set/dez 2001)

Teoria social e biologia: perspectivas e problemas da introdução do conceito de história nas ciências biológicas, por Ricardo Waizbort

História e filosofia da ciência: uma abordagem filogenética, por James G. Lennox (em inglês)

Uma breve história da teoria evolutiva, por Edson Pereira da Silva (em inglês)

O conceito de natureza em A origem das espécies, por Anna Carolina K. P. Regner

O salto qualitativo em Theodosius Dobzhansky: unindo as tradições naturalista e experimentalista, por Aldo Mellender de Araújo

Ser ou não ser consiliente: eis a questão, por Eduardo Rodrigues Cruz

De Darwin, de caixas-pretas e do surpreendente retorno do ‘criacionismo’, por Maurício Vieira Martins

Em outras edições:

Darwin: entre Paley y Demócrito, por Gustavo Caponi (vol.10, no.3, dez 2003)

Das intermináveis incursões de Darwin pelo Brasil, pela América Latina e pelo mundo. Por Andre Luis de Lima Carvalho, (vol.20, suppl.1, nov. 2013)
Como citar este post [ISO 690/2010]:

O Beagle no Brasil. Blog de História, Ciências, Saúde – Manguinhos. [viewed 5 November 2014]. Available from: http://www.revistahcsm.coc.fiocruz.br/o-beagle-no-brasil

No comments

Trackbacks/Pingbacks

  1. Retrospectiva 2014 - [...] O Beagle no BrasilGabriel Passetti traça relações entre relatos do comandante Robert FitzRoy e estratégias expansionistas britânicas [...]
  2. Políticas do mar - [...] O Beagle no BrasilGabriel Passetti traça relações entre relatos do comandante Robert FitzRoy e estratégias expansionistas britânicas [...]

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *