Internato rural na Amazônia: vivência local para futuros médicos

Julho/2017

Unidade Básica de Saúde Fluvial na Amazônia

Internato rural é o termo que designa os estágios curriculares obrigatórios de treinamento em serviço que acontecem em cidades do interior, como parte do período de internato médico – última fase da graduação em Medicina. Os estágios em áreas rurais contribuem para o recrutamento e fixação de médicos em áreas rurais ou remotas e favorecem a aproximação do médico com o contexto e a realidade dos habitantes locais.

No artigo Internato rural na Amazônia: aspectos históricos, contexto atual e principais desafios, publicado na atual edição de HCS-Manguinhos (vol.24, no.2, abr./jun. 2017), os professores Rodrigo Pinheiro Silveira, da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Acre, e Roseni Pinheiro, do Instituto de Medicina Social da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, fazem uma análise histórica de experiências de internato rural na Amazônia a partir de dados levantados em uma pesquisa empírica sobre a contribuição dessas experiências para a formação médica na região Norte.

“O internato rural tem proporcionado aos estudantes oportunidades singulares, como atendimento clínico, ações educativas e de saúde, vivências do cotidiano local. São experiências importantes para a formação médica, embora ainda existam desafios para sua consolidação, como logística, preceptoria e modelo pedagógico”, afirmam os autores.

Leia em HCS-Manguinhos:

Internato rural na Amazônia: aspectos históricos, contexto atual e principais desafios, artigo de Rodrigo Pinheiro Silveira e Roseni Pinheiro (vol.24, no.2, abr./jun. 2017)

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *