Impactos da I Guerra Mundial são tema de seminário na Casa de Rui Barbosa em 29/9

 

Setembro/2017

Embarque de tropas portuguesas para Angola, durante a 1ª Guerra Mundial. Clique para aumentar. Fonte: Wikipedia.

A Fundação Casa de Rui Barbosa (FCRB) e o Programa de Pós-Graduação em História Social da Universidade Federal do Rio de Janeiro (PPGHIS/UFRJ) realizam, na sexta-feira, 29 de setembro, das 9h às 17h30, o encontro “A ‘Grande Guerra’: impactos no Brasil e no Mundo”. Organizado por Silvia Correia (UFRJ), Luciana Fagundes (UFF e FCRB) e Marcos Veneu (FCRB), o seminário tem como objetivo debater o centenário do conflito, a partir de perspectivas e abordagens inovadoras sobre seus impactos no Brasil, a atuação portuguesa e a recente produção historiográfica. Encontro “A “Grande Guerra”: impactos no Brasil e no Mundo” Dia 29 de setembro :: Programação: 9h /10h30 Abertura: Marcos Veneu (FCRB e PUC-Rio) Mesa I – Embates culturais e propaganda aliada no Brasil A Liga Brasileira pelos Aliados: combates em defesa da cultura latina. Livia Claro Pires (CAB) Impactos da Primeira Guerra Mundial no cenário musical carioca. Luciana Fagundes (UFF e FCRB) 10h30/12h – Mesa II – Imprensa e ação pública Os boletins de Henrique da Rocha Lima no Jornal do Commercio: uma voz na contramão da opinião aliada. Andre Felipe Candido da Silva (FIOCRUZ) A imprensa carioca na Primeira Guerra Mundial. Aline Andrade Pereira (UFJF) Intervalo 14h /15h30 – Mesa III – Ideologias e Imaginários Eugenia e I Guerra Mundial: trânsitos internacionais. Pedro Neves de Muñoz (PUC-Rio) Portugal e Grande Guerra: militares, direitas e a questão ultramarina. Francisco Carlos Palomanes Martinho (USP) Intervalo 16h /17h30 – Mesa IV – Historiografia e narrativas sobre o conflito Historiografia da Grande Guerra. Sílvia Correia (UFRJ) Literatura, violência e guerra. Marcelo Jasmim (PUC-Rio) :: Organização: Fundação Casa de Rui Barbosa e Programa de Pós-Graduação em História Social (PPGHIS)/ UFRJ Entrada Franca Fundação Casa de Rui Barbosa Rua São Clemente, 134 – Botafogo – RJ Auditório Informações: 21 3289 8641 Fonte: Casa de Rui Barbosa Leia no Blog de HCS-Manguinhos: Fraude e regulação de alimentos no Brasil: reflexos da Primeira Guerra Artigo afirma que só com as reformas sanitárias dos anos 1920 o Estado assumiu suas responsabilidades Cruz Vermelha é tema de dossiê de HCS-Manguinhos Artigos abordam temas como a repatriação de soldados das guerras coloniais e o desenvolvimento da ciência médica na Espanha entre 1896 e 1950 Rocha Lima: germanofilia e intercâmbio científico Promotor das relações médico-científicas entre Brasil e Alemanha na primeira metade do século XX, ele teve sua postura política questionada. Germanofilia de Rocha Lima marcou sua ‘persona’ científica Para André Felipe Cândido da Silva, o cientista não ficou famoso por causa da sua ligação com a medicina germânica inclusive durante o nazismo. Pai da eugenia no Brasil ficou obscuro na história Defensor da ‘higiene racial’, o médico Renato Kehl assumiu a propaganda eugênica como missão política e intelectual entre 1917 e 1940. Exame pré-nupcial: uma proposta de intervenção eugênica no Brasil no início do século XX O debate desenvolvido no Brasil por médicos e intelectuais favoráveis e contrários à implantação de uma lei que instituísse a obrigatoriedade do exame é tema de nota de pesquisa de Priscila Bermudes Peixoto. Uma enciclopédia internacional sobre a Primeira Guerra Projeto que envolve parceiros de mais de 50 países é gerenciado pela Universidade Livre de Berlim Malária, adversário inesperado na Primeira Guerra Mundial Bernard Brabin, da Escola de Medicina Tropical de Liverpool e da Universidade de Amsterdam, publicou artigo no Malaria Journal. Leia em HCS-Manguinhos: “Guerra aos envenenadores do povo!” Os inícios da regulação de alimentos em São Paulo e no Rio de Janeiro, 1889-1930, artigo de Sören Brinkmann (vol.24, no.2, abr./jun. 2017) O exame médico pré-nupcial em debate: uma proposta de intervenção eugênica no Brasil, 1910-1940, de Priscila Bermudes Peixoto (vol.23, supl.1, dez. 2016) Sumário da edição especial “A eugenia latina em contexto transnacional” (vol.23, supl.1, dez. 2016) Dossier Humanitarism, War and Technological Innovation in Spain (vol.23, no.3, jul./set. 2016) Alemanha e Brasil, 1870-1945: uma relação entre espaços. , artigo de Stefan Rinke. (vol.21, no.1, mar 2014) A mobilização das mulheres estadunidenses na Primeira Guerra Mundial: as disputas por espaços de atuação como ampliação dos direitos civis. Artigo de Luciana Rosar Fornazari Klanovicz. (vol.20, no.2,  Jun 2013) Malaria epidemics in Europe after the First World War: the early stages of an international approach to the control of the diseaseGachelin, Gabriel and Opinel, Annick (jun 2011, vol.18, no.2) Ferrovias, doenças e medicina tropical no Brasil da Primeira República, Benchimol, Jaime Larry and Silva, André Felipe Cândido da (set 2008, vol.15, no.3) As origens da participação da América Latina na Organização de Saúde da Liga das Nações, 1920 a 1940. Artigo de Paul Weindling (vol.13, no.3, set 2006)

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *