Fiocruz: ampliando a divulgação científica on-line

Maio/2015

Danielle Kiffer | Faperj

O e-book interativo é ilustrado com infográficos coloridos que tornam a leitura mais dinâmica (Imagens: Divulgação)

Já imaginou um livro acadêmico que, além de informação, trouxesse entrevistas, áudios originais de importantes personagens da história da ciência e interatividade? Pois esse projeto existe e está sendo desenvolvido pela editora da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), em conjunto com a empresa Loja Interativa. O livro O que é o SUS, escrito por Jairnilson Paim, professor do Instituto de Saúde Coletiva, da Universidade Federal do Bahia (UFBA), lançado em 2009, se transformará no primeiro e-book interativo da editora Fiocruz. Mais do que simplesmente ser disponibilizado on-line, ele permitirá ao leitor que “brinque” com o conteúdo da obra. “Nos dias atuais é fundamental que nos adaptemos à tecnologia”, afirma Nísia Verônica Trindade Lima, pesquisadora da Casa de Oswaldo Cruz (COC) e vice-presidente de Ensino, Informação e Comunicação da Fiocruz . Como forma de conquistar um público leitor mais amplo e, dessa forma, aumentar a difusão científica e o conhecimento em saúde, o e-book oferece possibilidade de interatividade com diferentes mídias, podendo assim articular e divulgar os acervos do Canal Saúde, da revista Radis, e de outras publicações e programas da Fiocruz. O projeto teve subsídios do edital de Apoio a Editoras de Instituições Científicas e Tecnológicas Sediadas no Estado do Rio de Janeiro,da FAPERJ. Para produzir esse e-book, a equipe da editora Fiocruz vem trabalhando intensamente desde 2013. Depois de escolher o livro que se tornaria a primeira edição virtual com interatividade, foi necessário ler e reler a obra, verificar quais trechos precisariam ser simplificados para tornar a leitura mais fluida em meio digital e quais seriam aqueles em que se poderiam adicionar elementos interativos, conforme explica Fernanda Marques, assessora de Comunicação da editora Fiocruz. “Não queríamos fazer apenas uma transposição do papel para a tela, mas transformar e reapresentar o conteúdo para o ambiente virtual”, explica. Ela prossegue, dizendo que, para uma primeira divulgação e testes com o público, foi escolhido o Capítulo 4 do livro, que aborda as tendências do sistema de saúde brasileiro e reúne uma amostra significativa das hipermídias usadas, como áudios, vídeos, reportagens, galerias de imagens e infográficos animados, além de diferentes quadros para organizar conteúdos.

Animações no e-book permitem que o leitor interaja com o conteúdo do livro, acessando informações pelo click do mouse

Assim, logo na página que dá início ao capítulo, é possível ouvir um trecho do discurso do sanitarista Sergio Arouca durante a 8ª Conferência Nacional de Saúde, em 1986. Na página seguinte, há um vídeo em que o próprio Jairnilson explica a importância do tema abordado naquele capítulo em uma entrevista exclusiva para o e-book. As informações seguem de forma leve, entre cores de infográficos, boxes de informações que, quando clicados, abrem em sanfonas e disponibilizam mais conteúdo sobre aquele tópico, e animações que, a um clicar do mouse, detalham direitos dos usuários do SUS. Também há links para reportagens da revista Radis e vídeo do programa Ciências e Letras, do canal Saúde, da Fiocruz. Para perceber como essa adequação de material seria recebida pelo público, o Capítulo 4 foi apresentado para testes entre pacientes e familiares presentes no Centro de Saúde da Escola Nacional de Saúde Pública (Ensp), assim como entre estudantes de pós-graduação da Ensp, profissionais de informação e comunicação da Fiocruz e profissionais do livro. “Foi uma abordagem preliminar, qualitativa, em que pudemos perceber as reações dos leitores e recebemos inúmeras sugestões para otimizar o livro”, diz Fernanda.

Entre as páginas do livro, vídeos e outras mídias digitais enriquecem os temas abordados

O Capítulo 4 do e-book interativo também será apresentado durante as comemorações do aniversário de 115 anos da Fiocruz, de 25 a 27 de maio. “Será um momento emblemático para apresentarmos essa nova ferramenta, que agrega conhecimentos científicos de um modo novo de comunicação”, acrescenta Nísia. Outros e-books Em outro projeto, o Scielo Livros, digitalizou 177 títulos da editora Fiocruz, que já estão no portal http://livros.scielo.org. “Desde março de 2012, quando foram disponibilizados os primeiros e-books, obtivemos cerca de 20 milhões de downloads. Em comparação com os livros impressos, publicados em edições de mil exemplares, é um número expressivo”, compara Fernanda. A participação no Scielo Livros continuará com o acréscimo de novos e-books ao portal, a partir da conversão de títulos do catálogo impresso para a versão eletrônica. Quanto ao lançamento de novos e-books interativos, ainda não há previsão. “Pretendemos finalizar esse trabalho, ver a reação do público durante o aniversário da Fiocruz, fazer os ajustes finais e depois começar o planejamento do próximo”, adianta a assessora de Comunicação. Fonte: Faperj Leia em HCS-Manguinhos: A ciência e seus públicos – suplemento temático. Volume 20, nov. de 2013. Museus e Ciências – suplemento temático. Volume 12. 2005.    

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *