Ficção científica e o Admirável mundo novo

Primeira capa de Admirável mundo novo, de 1932

Primeira capa de Admirável mundo novo, de 1932. Fonte: Wikipedia.

A celeridade com que a ciência gera resultados na sociedade moderna torna necessária uma reflexão sobre os limites da aplicação do progresso científico. Essa é a discussão de base de Admirável mundo novo, livro de Aldous Huxley publicado em 1932, que retrata uma futura sociedade tecnológica nos moldes do fordismo. Este artigo estabelece uma relação entre a sociedade tecnocrata atual e a sociedade descrita por Huxley, discutindo a viabilidade dos aspectos técnicos e biológicos das manipulações narradas à luz dos conhecimentos atuais. São também elaboradas algumas considerações bioéticas sobre os procedimentos ‘inventados’ pelo autor e que já são, ou poderiam ser, desenvolvidos na sociedade moderna. Palavras-chave : Admirável mundo novo; Aldous Huxley (1894-1963); literatura de ficção científica; manipulação genética; bioética. Santos, Ana Carolina Clemente dos; Amorim Neto, Thomaz Pereira de; Góes, Andréa Carla de Souza · resumo em Português | Inglês     · texto em Português     · pdf em Português

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *