Deu zika na chicungunya!

Fevereiro/2016

Deu zika na chicungunya. Não é boato, é marchinha. Não tem prova científica, tem licença poética. O blog de HCS-Manguinhos buscou marchinhas de carnaval que transformam a zika, flagelo da saúde pública, num surto de irreverência. No balaio da crise política, as marchinhas também colocam a chicungunya, a dengue e o mosquito Aedes aegypti, vetor das moléstias que assombram a festa tropical.

voutepassarazika

Ouça as marchinhas e leia o que o blog e a revista HCS-Manguinhos já publicaram sobre o carnaval. Marchinhas – Carnaval 2016 Vou te passar a Zika! Carlos Fernando Cunha Deu zika! Duzão Mortimer Deu zica na chicungunha Led Monteiro e Moisés Zylberberg Deu chicungunha no Real Bruno Portinho  Xixi do Cunha Pedro Rangel Vamos acabar com esse mosquito (marcha educativa) Manoel Messias do Espírito Santo Leia no blog de HCS-Manguinhos: Cuidado com a ‘Espanhola’! Artigo de Ricardo Augusto dos Santos conta como os cariocas dramatizaram a febre que dizimou a população em 1918 no carnaval do ano seguinte. O doutor que virou marchinha de carnaval Lamartine Babo e Noel Rosa não perderam a chance de fazer piada com os curiosos xenoimplantes glandulares do Dr. Voronoff Excessos sexuais e brasilidade em perspectiva Os discursos de Paulo Prado e Gilberto Freyre nas décadas de 1920 e 1930 são discutidos em artigo de Cristiane Oliveira Cronistas de Momo na Primeira República Vera Lúcia Bogéa Borges escreveu resenha sobre o livro de Eduardo Granja Coutinho Zika: como usar a internet para desmentir boatos na internet Site sugere atividades para professores ensinarem alunos a avaliar criticamente as informações que circulam nas redes Zika para profissionais Rede de Saúde Global lança site com informações de qualidade voltadas para pesquisadores e profissionais de saúde Zika e direito ao aborto Em artigo publicado em O Globo, a socióloga Jacqueline Pitanguy afirma que a interrupção da gravidez como opção de mulheres atingidas pelo vírus não tem sido colocada com a devida relevância Epidemia de zika remete à rubéola e à discussão sobre aborto como ato médico Ilana Löwy, pesquisadora do Instituto Nacional de Saúde e de Pesquisa Médica de Paris, conta como os surtos de rubéola estimularam a descriminalização do aborto na Europa Leia em História, Ciências, Saúde – Manguinhos: Os súditos de Momo na República branca: cronistas e carnaval na imprensa cariocaresenha de Vera Lúcia Bogéa Borges (v.14 n.3 set. 2007) O Carnaval, a peste e a ‘espanhola’, artigo de Ricardo Augusto dos Santos (v. 3, jan./mar 2006) Os curiosos xenoimplantes glandulares do doutor Voronoff, artigo de Ethel Mizrahy Cuperschmid e Tarcisio Passos Ribeiro de Campos publicado em  (vol.14, no.3, jul/set. 2007)

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *