Comitês de ética inibem liberdade de pesquisa

Abril/2014

Por sugestão do professor Luiz Antonio de Castro-Santos, o blog de História, Ciências, Saúde – Manguinhos abre um espaço de discussão, críticas e comentários sobre as normas que regulam as pesquisas no Brasil hoje. Ele escreveu um texto para incitar o debate no blog e uma carta aos editores da revista. Estamos publicando contribuições ao debate.

Comitês de ética inibem liberdade de pesquisa

Flavio Coelho Edler *

A crítica que o professor Luiz Antônio de Castro-Santos faz à sanha reguladora dos Comitês de Ética que se institucionalizaram no campo da saúde nos alerta sobre o principal risco de imposição de um modelo, válido para as pesquisas biomédicas, porém totalmente inapropriado para as investigações históricas e sociais: a perda de autonomia intelectual do pesquisador, que se encontra engessada em protocolos rígidos, incompatíveis com as metodologias qualitativas das ciências sociais, como as entrevistas semi-estruturadas e a observação participante.

No afã de tudo regular, supostamente para resguardar direitos individuais, estabeleceram-se mecanismos que inibem a liberdade de pesquisa e atualizam a famigerada obra da Real Mesa Censória dos tempos coloniais, impondo limites à circulação de ideias.
flavioedlerFB* Flavio Coelho Edler é professor do Programa de Pós-Graduação em História das Ciências e da Saúde da Casa de Oswaldo Cruz (COC/Fiocruz)
 

Contribuições para o debate:

Vamos discutir os comitês de ética na pesquisa?
Por sugestão do professor Luiz Antonio de Castro-Santos, o blog de História, Ciências, Saúde – Manguinhos abre um espaço de discussão, críticas e comentários sobre as normas que regulam as pesquisas no Brasil hoje em dia.

Uma crítica aos atuais comitês de ética na pesquisa no Brasil
Carta de Luiz Antonio de Castro-Santos aos editores de HCS-Manguinhos

Luiz Fernando Dias Duarte: cientistas sociais estão presos em camisa de força burocrática
Para antropólogo, submissão das pesquisas em ciências sociais e humanas à lógica biomédica é descabida e autoritária.

Maurício Reinert: ‘O Brasil precisa de mais, e não menos, pesquisa’
Para professor de Administração da Universidade Estadual de Maringá, submissão de pesquisas em ciências sociais ao Conep fere autonomia universitária

Luciano Mendes de Faria Filho: anonimato para quê?
Para o professor de Educação da UFMG, o anonimato nas pesquisas em ciências humanas mais garante o apagamento da autoria, do pensamento e da expressão dos setores populares do que a fidedignidade dos dados.

Como citar este post [ISO 690/2010]:

Comitês de Ética inibem liberdade de pesquisa. Blog de História, Ciências, Saúde – Manguinhos. [viewed 10 April 2014]. Available from: http://www.revistahcsm.coc.fiocruz.br/comites-de-etica-inibem-liberdade-de-pesquisa/

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *