Coleção Sigmund Freud Papers oferece viagem pela vida e obra do psicanalista

Março/2017

Retrato em óleo de Sigmund Freud por Wilhelm Victor Krausz, 1936.

Está no ar no site da Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos a Coleção Sigmund Freud Papers, que contém documentos do psicanalista Sigmund Freud (1856-1939) abrangendo desde o século VI aC. (uma pequena estátua grega) até 1998, sendo a maior parte do material datada de entre 1871 e 1939. A coleção digitalizada documenta a fundação da psicanálise de Freud, a maturação da teoria psicanalítica, seu treinamento médico, o refinamento de sua técnica clínica, a proliferação de seus adeptos e críticos, seu relacionamento com a família, amigos, colegas, estudantes e pacientes, sua associação com as primeiras sociedades psicanalíticas, suas perspectivas sobre o treinamento analítico e seus numerosos escritos. Composta em sua totalidade por 48.600 itens, a Coleção está localizada na Divisão de Manuscritos da Biblioteca do Congresso e é organizada em dez séries. O material é majoritariamente em alemão, com alguma parte em inglês e francês. Acesse a Coleção Sigmund Freud Papers. Leia no Blog de HCS-Manguinhos: Saúde mental é tema de edição de HCS – Manguinhos Edição marca o 15º aniversário da lei da reforma psiquiátrica (v. 23, n. 4, out/dez 2016). Acesse os artigos linkados no release (link acima) e leia os resumos no blog (links abaixo) O primeiro hospício do Brasil e o controle social Pesquisadora estudou fichas de entrada e outros documentos do Hospício de Pedro II, no Rio, entre 1883 e 1889 Classificação e entendimento das doenças mentais: quais os efeitos no tratamento do doente mental? Autor do artigo “Psicose e esquizofrenia: efeitos das mudanças nas classificações psiquiátricas sobre a abordagem clínica e teórica das doenças mentais”, o professor Fernando Tenório analisou os efeitos das mudanças na classificação e entendimento das doenças mentais ocorridos desde a publicação da terceira revisão do Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais pela Associação Psiquiátrica Norte Americana em 1980. Quais as mudanças na saúde mental brasileira 14 anos após a publicação do artigo sobre reforma psiquiátrica? O autor Fernando Tenório responde em texto e vídeo. Mentecaptos na história e na literatura brasileiras Com a palavra, José Roberto Franco Reis Fenômenos psíquicos e espirituais são tabu científico há 200 anos Autores de artigo deram entrevista para a Semana Especial de HCS-Manguinhos no Blog SciELO em Perspectiva | Humanas Psicologia infantil na Argentina de 1935 a 1942 Ana Briolotti investiga o uso médico de técnicas de avaliação psicológica em crianças em internadas em clínicas infantis em Buenos Aires Catolicismo, fascismo e psicanálise na Itália O padre franciscano Agostino Gemelli (1878- 1959), figura central da psicologia italiana nas décadas de 1930 e 1940, desempenhou um papel importante na articulação entre o mundo católico e o fascismo na Itália Leia também em HCS-Manguinhos: Santos, Ana Luiza Gonçalves dos, Farias, Francisco Ramos de and Pinto, Diana de Souza Por uma sociedade sem hospitais de custódia e tratamento psiquiátrico. Dez 2015, vol.22, no.4 Diniz, Debora and Brito, Luciana “Eu não sou presa de juízo, não”: Zefinha, a louca perigosa mais antiga do Brasil. Mar 2016, vol.23, no.1 Tenório, Fernando.  A reforma psiquiátrica brasileira, da década de 1980 aos dias atuais: história e conceitos. Abr 2002, vol.9, no.1 Carrion, Carla Torres Pereira, Margotto, Lilian Rose and Aragão, Elizabeth Maria Andrade As causas das internações no Hospital Adauto Botelho (Cariacica, ES) na segunda metade do século XX.  Dez 2014, vol.21, no.4 Almeida, Francis Moraes de. Descontinuidades e ressurgências: entre o normal e o patológico na teoria do controle social. Set 2013, vol.20, no.3 Facchinetti, Cristiana and Muñoz, Pedro Felipe Neves de Emil Kraepelin na ciência psiquiátrica do Rio de Janeiro, 1903-1933. Mar 2013, vol.20, no.1 Gama, Jairo Roberto de Almeida. A constituição do campo psiquiátrico: duas perspectivas antagônicas. Mar 2012, vol.19, no.1 Venancio, Ana Teresa A. Da colônia agrícola ao hospital-colônia: configurações para a assistência psiquiátrica no Brasil na primeira metade do século XX. Dez 2011, vol.18, suppl.1, Jabert, Alexander. Estratégias populares de identificação e tratamento da loucura na primeira metade do século XX:uma análise dos prontuários médicos do Sanatório Espírita de Uberaba. Mar 2011, vol.18, no.1 Facchinetti, Cristiana et al. No labirinto das fontes do Hospício Nacional de Alienados. Dez 2010, vol.17, suppl.2 Facchinetti, Cristiana, Cupello, Priscila and Evangelista, Danielle Ferreira Arquivos Brasileiros de Psiquiatria, Neurologia e Ciências Afins: uma fonte com muita história. Dez 2010, vol.17, suppl.2 Santos, Fernando Sergio Dumas dos and Verani, Ana Carolina Alcoolismo e medicina psiquiátrica no Brasil do início do século XX. Dez 2010, vol.17, suppl.2 Nunes, Sílvia Alexim. Histeria e psiquiatria no Brasil da Primeira República. Dez 2010, vol.17, suppl.2 Birman, Joel. A cena constituinte da psicose maníaco-depressiva no Brasil. Dez 2010, vol.17, suppl.2 Nunes, Everardo Duarte. Hollingshead e Redlich: a pesquisa sobre classe social e doença mental cinquenta anos depois. Mar 2010, vol.17, no.1 Oda, Ana Maria Galdini Raimundo and Dalgalarrondo, Paulo História das primeiras instituições para alienados no Brasil. Dez 2005, vol.12, no.3 Jabert, Alexander. Formas de administração da loucura na Primeira República: o caso do estado do Espírito Santo. Dez 2005, vol.12, no.3 Paulin, Luiz Fernando and Turato, Egberto Ribeiro Antecedentes da reforma psiquiátrica no Brasil: as contradições dos anos 1970. Ago 2004, vol.11, no.2 Venâncio, Ana Teresa A. História do saber psiquiátrico no Brasil: ciência e assistência em debate.Dez 2003, vol.10, no.3 Venâncio, Ana Teresa A. Ciência psiquiátrica e política assistencial: a criação do Instituto de Psiquiatria da Universidade do Brasil. Dez 2003, vol.10, no.3 Tenório, Fernando. A reforma psiquiátrica brasileira, da década de 1980 aos dias atuais: história e conceitos. Abr 2002, vol.9, no.1 Wadi, Yonissa Marmitt. Aos loucos, os médicos: a luta pela medicalização do hospício e construção da psiquiatria no Rio Grande do Sul. Fev 2000, vol.6, no.3 Engel, Magali Gouveia. As fronteiras da ‘anormalidade’:psiquiatria e controle social. Fev 1999, vol.5, no.3  

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *