Ciência, sociedade e política de publicação: tema da aula inaugural da Fiocruz

Março/2015

O novo ano letivo tem início em março em diversas unidades da Fiocruz. Para marcar o fato, a Fundação promove no dia 10 de março aula inaugural com o tema Ciência, sociedade e política de publicação. Para falar sobre o assunto, virá ao Rio de Janeiro a pesquisadora Hebe Vessuri, do Centro de Pesquisas em Geografia Ambiental da Universidade Autônoma do México. O evento terá início às 9h, no Auditório do Museu da Vida, no campus Manguinhos. Na ocasião também será lançado o Portal de Periódicos Científicos da Fiocruz, projeto que vai reunir num único endereço virtual todas as publicações produzidas pelas diferentes unidades da Fundação, como parte da Política de Acesso Aberto da Fundação e democratização da ciência. Outras unidades técnico-científicas já realizaram suas aulas inaugurais, também abertas ao público, sem necessidade de inscrição prévia. A primeira delas foi a do Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS/Fiocruz), que, no dia 3 de março, recebeu o ex-ministro da Saúde e atual diretor-executivo do Instituto Sul-Americano de Governo em Saúde (Isags), José Gomes Temporão. O médico sanitarista debateu os avanços e desafios do Sistema Único de Saúde. A palestra foi promovida pelo Programa de Pós-Graduação em Vigilância Sanitária (PPGVS). Já no dia 6 de março, às 10h, o Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz) deu início a mais um ano acadêmico. A aula inaugural Malária no Brasil: o que se passa fora da Amazônia? ficou a cargo do pesquisador, chefe do Laboratório de Pesquisa em Malária e ex-diretor do IOC, Cláudio Tadeu Daniel-Ribeiro. A atividade registrou, ainda, o início da programação do Centro de Estudos 2015. Nesta segunda-feira (9/3), a Fiocruz Minas recebe o pesquisador Manoel Barral-Netto, diretor da Fiocruz Bahia, que realizará palestra com o tema Rally da ciência brasileira: perspectivas e entraves. Será às 14h, no auditório da instituição. A diretora da unidade, Zélia Profeta, e a vice-presidente de Ensino, Informação e Comunicação da Fiocruz, Nísia Trindade, estarão presentes no evento. Barral-Neto também será o palestrante da aula inaugural da Fiocruz Bahia, com o tema Educação para Ciência e Tecnologia: onde estamos?, no dia 13 de março, às 9h. Na Fiocruz Paraná, o Programa de Pós-Graduação em Biociências e Biotecnologia do Instituto Carlos Chagas (ICC/Fiocruz) dará início ao ano letivo de 2015 recebendo a pesquisadora Lygia V. Pereira, do Laboratório Nacional de Células-Tronco Embrionárias (LaNCE), da Universidade de São Paulo, no dia 9 de março. A convidada abordará como tema Células-Tronco Embrionárias em Pesquisa, Terapia e Desenvolvimento de Fármacos e será realizada no auditório do Tecpar, às 11h. No Instituto de Tecnologia em Fármacos (Farmanguinhos/Fiocruz), o ano letivo terá início no dia 17 de março. A palestra inaugural será proferida pela presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), Helena Nader, que discorrerá sobre o tema Educação, Ciência e Tecnologia. O evento será às 10h, no Auditório do Prédio 20 do Complexo Tecnológico de Medicamentos (CTM), localizado na Av. Comandante Guaranys, 447, Curicica, Jacarepaguá. A filósofa Marilena Chauí é a convidada para a abertura do ano letivo da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (Ensp/Fiocruz) em 2015. A aula magna terá como tema Contra a Universidade Operacional e está marcada para o dia 18 de março, às 14h, no auditório do Museu da Vida/Fiocruz. Também no dia 18 de março, o Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas (INI/Fiocruz) promove a aula inaugural do Programa de Pós GraduaçãoStricto Sensu em Pesquisa Clínica em Doenças Infecciosas. A palestra será ministrada pelo pesquisador pleno do Instituto Nacional do Câncer (Inca), Martín Hernan Bonamino no Auditório do Pavilhão de Ensino do Instituto, às 13h. O tema será Avanços na Imunoterapia do Câncer, área com interface com HIV/Aids e outras doenças infecciosas. Já no dia 19 de março, a Casa de Oswaldo Cruz (COC) promove sua aula inaugural com o tema A “miniatura” da pátria: divulgação científica no Rio de Janeiro, anos 1930. Quem vai debater sobre o tema é a pesquisadora e professora titular da Universidade Federal de Minas Gerais, Regina Horta Duarte. O Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica (Icict) vai receber no dia 25 de março, às 9h, o professor emérito da Universidade Nova de Lisboa, Portugal, Adriano Duarte Rodrigues. A aula será realizada no salão de leitura Henrique Leonel Lenzi, e terá como tema A comunicação e o campo da saúde. Fechando o mês, a Fiocruz Pernambuco recebe no dia 27 de março o pesquisador Finn Diderichsen, referência europeia no campo epidemiologia social, para conduzir a aula inaugural da unidade. Com o tema Desafios da epidemiologia na sociedade contemporânea: contexto e metodologias, a aula inaugural acontecerá às 9h, no auditório Frederico Simões Barbosa. A apresentação será em inglês, com tradução simultânea. O encontro é aberto à participação do público interessado na temática. No dia 15 de abril, às 17h, a Fiocruz Brasília realiza a aula inaugural do Curso de Especialização em Direito Sanitário. Será no auditório interno, localizado no 1º andar. Fonte: Agência Fiocruz de Notícias

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *