A importância da pesquisa clínica ampliada para a saúde da população

O Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas (INI), no Rio de Janeiro, comemora seu centenário com um simpósio de 6 a 9 de novembro nos auditórios do Museu da Vida e do Pavilhão de Ensino do INI. Para apresentar o Instituto e falar da sua importância, convidamos a médica, pesquisadora e gestora Keyla Marzochi, que encabeçou a reestruturação do Instituto nos anos 1980, sob os impactos da epidemia de HIV/Aids.

Discursos fascistas fazem soar alerta para o Brasil, diz historiador

Para entendermos, afinal, o que é fascismo e se o termo se aplica ou não à atual conjuntura política e social brasileira, convidamos o jornalista e historiador Bruno Leal, professor da UnB e editor do blog Café História, que nos concedeu entrevista esclarecedora, traçando comparativos históricos com a Itália de Mussolini e a Alemanha de Hitler e chegando até as fake news de hoje em dia.

Observatório História e Saúde da Casa de Oswaldo Cruz/Fiocruz faz 14 anos

O Observatório reúne historiadores com o propósito de discutir e produzir contribuições para as políticas de saúde contemporâneas e também para questões emergentes no debate científico atual. Para falar sobre a trajetória, o trabalho e as perspectivas futuras, convidamos o seu coordenador, Carlos Henrique Assunção Paiva, e o professor Luiz Antonio Teixeira.

O incêndio, a morte e a esperança

Carta dos Editores Marcos Cueto e André Felipe Cândido da Silva (HCS-Manguinhos, vol.25, no.3 jul./set. 2018)

‘Saúde não é mercadoria’

Ligia Giovanella, pesquisadora da Ensp/Fiocruz e membro da Rede de Pesquisa em Atenção Primária à Saúde da Abrasco, explica por que a Declaração de Astana pode ameaçar o direito humano universal à saúde

Magali Romero Sá: ‘Perda do acervo documental do Museu Nacional é inestimável’

Pesquisadora conta que o acervo perdido com o incêndio armazenava a história do processo de desenvolvimento das ciências naturais no Brasil

Incêndio queimou registros únicos da vida de povos que aqui habitaram e foram dizimados pela colonização

Outubro/2018 Nesta semana que marca um mês do incêndio que destruiu o Museu Nacional e seus acervos, o Blog de HCS-Manguinhos publica relatos de pesquisadores que trabalharam com documentos perdidos nas chamas. Kaori Kodama * A primeira vez que pesquisei no Museu Nacional foi entre 1999 e 2000, após concluir meu mestrado sobre as correspondências entre...

Museu Nacional, ‘miniatura do país’

Para o médico e antropólogo Roquette-Pinto, o acervo material e imaterial da instituição refletia a diversidade cultural, biológica e social do Brasil. Nesta entrevista ao Blog de HCS-Manguinhos, o historiador Vanderlei de Souza fala sobre os documentos que pesquisou no seu mestrado e doutorado, destruídos pelo incêndio.

Pesquisadora estudou documentos de 1810 a 1911 que compunham o acervo do Museu Nacional

Para o seu doutorado, Maria Margaret Lopes percorreu desde o decreto de Fundação do museu até os registros das atas até 1911, passando por correspondências de cientistas brasileiros e estrangeiros.

Museu Nacional e Fiocruz: notas iniciais para uma historiografia das relações entre as duas instituições

Outubro/2018 Cristiane d’Avila * Uma frase pode resumir o espírito de uma  época, ou de um país. Em entrevista ao Estado de S. Paulo, em abril deste ano, o recém-empossado diretor do Museu Nacional declarou: ‘Precisamos apenas de uma decisão política’. A despeito do advérbio, que atenua a contundência do enunciado, a assertiva de Alexander...