Brasil, recordista em homicídios

Março/2016

brasil_vermelho

Clique no mapa para acessar o estudo

Em 2014, 59.627 pessoas foram mortas no Brasil. É o maior número já registrado em território nacional e coloca o país no primeiro lugar no ranking mundial de homicídios. Os dados, divulgados nesta terça-feira, 22 de março, são do Atlas da Violência 2016, elaborado pelo Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada (Ipea) e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP) com base no Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM), do Ministério da Saúde. Em termos relativos, o número equivale a uma taxa de 29,1 mortes por 100 mil habitantes, contra com uma taxa de 28,3 por 100 mil em 2013 (57.396 homicídios). Acesse o estudo Leia também:  Pesquisa investiga morte violenta de jovens no Brasil Estudo conduzido por Ednilsa Ramos de Souza e Kathie Njaine, da Ensp/Fiocruz, mostra que quem mais mata tem o mesmo perfil de quem mais morre Leia em HCS-Manguinhos: O reverso do crime: norma hostil, sociedade cruel e saída subjetiva pela violência, Arreguy, Marília Etienne, Mar 2012, vol.19, no.1 Violência e saúde como um campo interdisciplinar e de ação coletiva, Minayo, Maria Cecília de Souza e Souza, Edinilsa Ramos de. Nov 1997, vol.4, no.3 Arqueologia da agressividade humana: a violência sob uma perspectiva paleoepidemiológica, Lessa, Andrea. Ago 2004, vol.11, no.2 A doença mental no direito penal brasileiro: inimputabilidade, irresponsabilidade, periculosidade e medida de segurançaPeres, Maria Fernanda Tourinho e Nery Filho, Antônio. Ago 2002, vol.9, no.2

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *