Belém sedia o II Seminário de História das Ciências na Amazônia

Novembro/2015

semin_Hist_Ciencias_AM

Clique para baixar a programação e os resumos

Acontece em 11 e 12 de novembro em Belém o II Seminário de História das Ciências na Amazônia,  coordenado pelos pesquisadores Nelson Sanjad (Museu Paraense Emílio Goeldi) e Júlio Schweickardt (Instituto Leônidas e Maria Deane/Fiocruz). O objetivo do evento é possibilitar um debate concentrado sobre as conexões globais da ciência realizada na Amazônia ao longo da história, assim como dar visibilidade às pesquisas realizadas no Pará, incentivar novas investigações sobre o desenvolvimento das ciências na região amazônica, consolidar a disciplina História das Ciências nas instituições de ensino e pesquisa locais, criar instrumentos para o intercâmbio entre pesquisadores e instituições e contribuir para a localização e preservação de acervos e fontes relacionados à Amazônia. Veja a programação e os resumos dos trabalhos a serem apresentados no auditório do Capacit, no Campus do Guamá da UFPA. Programação: Dia 11/11 – Quarta-feira 09h00 às 10h00 Mesa de Abertura: William Gaia – Diretor da Faculdade de História/UFPA Cristina Cancela – Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em História/UFPA Nelson Sanjad – Grupo de Pesquisa em História das Ciências na Amazônia/MPEG Júlio Schweickardt – Grupo de Pesquisa em História das Ciências na Amazônia/ILMD 10h00 às 12h00 Mesa 1 – Políticas públicas e discurso médico-científico Mediação: André Felipe Cândido da Silva – COC/FIOCRUZ A Santa Casa de Misericórdia e o patrimônio da saúde no Pará Márcio Couto Henrique – UFPA Comida, ciência e desenvolvimento: a alimentação na agenda política brasileira (1939-1947) Érico Silva Muniz – UFPA Unidades Médicas e as políticas públicas no Amazonas, 1967-1975 Júlio Schweickardt – ILMD/FIOCRUZ 12h00 às 14h00 ALMOÇO 14h00 às 18h00 Comunicações de pós-graduandos Sessão 1 Mediação: Nelson Sanjad – MPEG Polêmicas entre Amazônia e França: os livros do Barão de Marajó e a Sociedade de Geografia Comercial de Paris (1883-1896) Anna Carolina Abreu – PPHIST/UFPA Jacques Huber: um ‘cientista-político’ na Amazônia (1907-1914) Anna Raquel de Matos Castro – PPHIST/UFPA Artefatos em trânsito: a musealização de artefatos arqueológicos no Museu Paraense Emílio Goeldi (1894-1907) Josiane Melo – PPHIST/UFPA “A maior descoberta do século findo”: modernização, poder e segurança nacional na instalação e utilização do diagnóstico por imagem em Raios-X pela Marinha de Guerra no início do século XX Pablo Pereira – PPHIST/UFPA Sessão 2 Mediação: Érico Silva Muniz – UFPA “Para torná-las úteis a si, à sociedade e à pátria”: a fundação do Instituto de Proteção e Assistência à Criança Desvalida do Pará, 1912 Adnê Rodrigues – PPHIST/UFPA Senhores da cura e as estratégias das elites: a implantação do ensino médico na Amazônia José Maria Abreu Junior – PPHIST/UFPA A criação da Inspetoria de Profilaxia do Impaludismo e os debates sobre o saneamento rural na imprensa paraense (1917-1920) Elis Regina Vieira – PPHIST/UFPA O doutor, a lepra e o açaí: um estudo de caso da relação entre doença e alimentação Sidiana Macedo – PPHIST/UFPA Salvbritas Vbiqve Cvranda: o Serviço Especial de Saúde Pública no Pará (1942-1960) Edivando Costa – PPHIST/UFPA Dia 12/11 – Quinta-feira 9h00 às 12h00 Mesa 2 – Cientistas e médicos na Amazônia: entre produção de ideias e ação política Mediação: Dominichi Miranda de Sá – COC/FIOCRUZ A Amazônia pelos britânicos: Bates, Wallace, Spruce Carla Lima – SEDUC-AM De Basileia à Amazônia: a carreira transnacional de Jacques Huber (1867-1914) e sua obra sobre a floresta amazônica Nelson Sanjad – MPEG O “Catálogo das Aves Amazônicas” (1914) de Emília Snethlage Miriam Junghans – COC/FIOCRUZ Doutor Thomas: do atoxyl a uma trajetória singular na Amazônia Jaime Benchimol – COC/FIOCRUZ Camilo Salgado: um mito ao norte? Aristóteles Guilliod de Miranda – UFPA 12h00 às 14h00 ALMOÇO 14h00 às 16h00 Mesa 3 – Ciências no plural: diálogos Mediação: Júlio Schweickardt – ILMD/FIOCRUZ Um episódio dos primórdios da antropologia na Amazônia: Curt Nimuendajú e os Xipaya – uma pesquisa em condições adversas Peter Schröder – UFPE Sobre conhecimentos indígenas e história da ciência no Museu Goeldi: diálogos desde a antropologia Claudia Lopez Garcés – MPEG Diálogos ao longo de histórias de vida: experimentos para ciências no plural Noemi Porro – UFPA 16h00 às 18h00 Mesa 4 – Ciência, território e política Mediação: Miriam Junghans – COC/FIOCRUZ “Um verdadeiro paraíso”: Antonio Lopes Mendes e suas impressões sobre a Província do Pará (1883) Franciane Lacerda – UFPA Ecologia, doenças e desenvolvimento na Amazônia: Harald Sioli e a esquistossomose em Fordlândia (1949-1955) André Felipe Cândido da Silva e Dominichi Miranda de Sá – COC/FIOCRUZ Água, saúde e ambiente na história de projetos de desenvolvimento no Brasil do século XX Dominichi Miranda de Sá e André Felipe Cândido da Silva – COC/FIOCRUZ Agências internacionais na fronteira: FAO e UNICEF na Amazônia da ‘Era do Desenvolvimento’ Rômulo Andrade – COC/FIOCRUZ Programação e resumos em arquivo PDF Mais informações: www.ufpa.br/pphist

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *