Arquivo Nacional do Chile digitaliza ‘Jesuitas de América’

Junho/2015

Jesuita_biblioteca_lab2

Clique na imagem para acessar o site do projeto: www.archivonacionaljesuitas.cl

O Arquivo Nacional do Chile concluiu a digitalização de 272 mil páginas dos 433 volumes  de “Jesuitas de América”, coleção declarada como “Memória do Mundo” pela UNESCO.  Os volumes contém um inventário dos bens existentes em missões, fazendas e escolas e outras obras escritas por jesuítas na Espanha, América e Filipinas entre os séculos XVI e XVIII. A digitalização começou em 2011. Leia mais no Ultima Hora.

Acesse “Jesuitas de América”

Leia no blog de HCS-Manguinhos:

As ciências e os saberes indígenas na Companhia de Jesus
Eliane Cristina Deckmann Fleck discute em artigo a contribuição dos jesuítas ao desenvolvimento científico da América Platina.

Acervo da biblioteca do Pateo do Collegio está online
Livros raros e manuscritos escritos por jesuítas desde o século XVI integram o acervo de 25 mil volumes da biblioteca Padre Antônio Vieira, localizada no Pateo do Collegio, no Centro de São Paulo.

Leia em HCS-Manguinhos:

A abordagem historiográfica dos séculos XIX e XX sobre a atuação de médicos e boticários jesuítas na América platina no século XVIII – artigo de Eliane Cristina Deckmann Fleck (vol.21 n.2  abr./jun. 2014)

Evidências de medicina mestiça em obra escrita por irmão jesuíta na América meridional do século XVIII – Artigo de Eliane Cristina Deckmann Fleck e Roberto Poletto (vol.19, no.4/Dez 2012)

Edifício colonial construído pelos jesuítas é Lazareto desde 1752 no Rio de Janeiro. Artigo de Ângela Pôrto e Benedito Tadeu de Oliveira (vol.2, no.3, fev 1996)

Abismo ou continuidades? Polêmicas sobre o tupi pré-colonial e a língua geral disseminada pelos jesuítas. Artigo de Jânia Martins Ramos e Renato Pinto Venâncio (vol.12, no.2, ago 2005)

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *