Argentina e o mar

Outubro/2014

Vivian Mannheimer | Blog HCS-Manguinhos
Susana-Garcia

Susana V. García

Apesar da sua importância e extensão, o espaço marinho e seus organismos demoraram a ser incorporados como objetos de investigação científica na Argentina. Para compensar a falta de infra-estrutura específica, os naturalistas recorreram a oficiais navais, marinheiros, pescadores e mercados de peixe para reunir coleções e informações sobre animais marinhos. No artigo “A pesca comercial e o estudo da fauna marinha na Argentina, 1890-1930”, publicado em espanhol e inglês na nova edição de HCS-ManguinhosSusana V. García, pesquisadora do Arquivo Histórico do Museu de La Plata da Faculdade de Ciências Naturais e Museu da Universidade Nacional de La Plata, Argentina, analisa a pesquisa, a comercialização e as oportunidades oferecidas nos mercados urbanos para a formação de coleções​​ e as possibilidades de captura e estudo de novas espécies. Leia entrevista em espanhol Artigo disponível em inglês ou espanhol: La pesca comercial y el estudio de la fauna marina en la Argentina, 1890-1930 Commercial fishing and the study of marine fauna in Argentina, 1890-1930  Sumário da edição “Oceanos e mares: histórias, ciências e políticas” no Scielo (vol.21 no.3 Rio de Janeiro jul./set. 2014) Carta das editoras convidadas Alda Heizer, Maria Margaret Lopes e Susana García E ainda em HCSM: Especies locales, mercado y transporte en las investigaciones embriológicas: el estudio de la poliembrionía en armadillos a principios del siglo XX – artigo de Susana V. García (set 2008, vol.15)
 

No comments

Trackbacks/Pingbacks

  1. Retrospectiva 2014 - [...] Argentina e o marSusana V. García estuda as relações entre a pesca e o estudo da vida marinha na Argentina…

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *