A tuberculose ontem e hoje

Outubro/2017

Robert_Koch

Robert Kock, descobridor do bacilo causador da tuberculose. Foto: Wikipedia

Em 24 de março de 1882, o médico alemão Robert Koch descobriu o bacilo causador da tuberculose, o Mycobacterium tuberculosis (MTB), ou bacilo de Koch. A descoberta foi um grande passo na luta pelo controle e a eliminação da doença, tanto que Kock ganhou o prêmio Nobel de Medicina em 1905.

Os esforços globais para combater a tuberculose pouparam cerca de 53 milhões de vidas desde 2000 e reduziram a taxa de mortalidade pela doença em 37%, de acordo com o Global TB Report 2017, divulgado em 30 de outubro pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Mas mesmo com os dados apresentando quedas, a tuberculose ainda preocupa nos dias de hoje, pois continua a ser a principal doença infecciosa e a principal causa de mortes relacionadas à resistência antimicrobiana e entre pessoas com HIV. O progresso na maioria dos países está paralisado e não é rápido o suficiente para atingir as metas globais ou preencher as lacunas persistentes nos cuidados e prevenção da doença.

Em 2016, houve cerca de 10,4 milhões de novos casos de tuberculose em todo o mundo, dos quais 10% aconteceram entre pessoas que vivem com HIV. Sete países representaram 64% da carga total, com a Índia no topo, seguida pela Indonésia, China, Filipinas, Paquistão, Nigéria e África do Sul. Estima-se que 1,7 milhão de pessoas morreram pela doença, o que representa uma queda de 4% em relação a 2015.

Saiba mais sobre o Global TB Report 2017 da OMS

Acesse o relatório em inglês

Acesse o relatório em espanhol

Leia em HCS-Manguinhos:

Vianna, Paula V. Carnevale, Zanetti, Valéria and Papali, Maria Aparecida Geografia, saúde e desenvolvimento urbano no interior paulista na passagem para o século XX: Domingos Jaguaribe e a construção da Estância Climática de Campos do Jordão. Dez 2014, vol.21, no.4

Costa, Luís Manuel Neves. A Assistência da Colónia Portuguesa do Brasil, 1918-1973. Jun 2014, vol.21, no.2

Ayres, Lílian Fernandes Arial et al. As estratégias de luta simbólica para a formação da enfermeira visitadora no início do século XX. Set 2012, vol.19, no.3

Santos, Luiz Antonio de Castro and Faria, Lina Em busca da aldeia sanitária: tuberculose, saúde e cultura na Argentina desde finais do século XIX. 2010, vol.17, no.3

Zanetti, Valéria et al. Boletim Médico: prescrição dos tisiólogos para a cura da cidade de São José dos Campos (1930-1935). 2010, vol.17, no.3

Fernandes, Tania Maria. Sol e trevas: histórias sociais da tuberculose brasileira. Dez 2004, vol.11, no.3

Antunes, José Leopoldo Ferreira et al. Tuberculose e leite: elementos para a história de uma polêmica. Dez 2002, vol.9, no.3

Sheppard, Dalila de Sousa. A literatura médica brasileira sobre a peste branca: 1870-1940. Jun 2001, vol.8, no.1

Pôrto, Ângela. A vida inteira que podia ter sido e que não foi: trajetória de um poeta tísico. Fev 2000, vol.6, no.3

Bertolli Filho, Claudio. Antropologia da doença e do doente:percepções e estratégias de vida dos tuberculosos. Fev 2000, vol.6, no.3

Gonçalves, Helen. A tuberculose ao longo dos tempos. Out 2000, vol.7, no.2

Soares, Pedro Paulo. A dama branca e suas faces: a representação iconográfica da tuberculose. Out 1994, vol.1, no.1

Herrero, Maria Belen and Carbonetti, Adrian. La mortalidad por tuberculosis en Argentina a lo largo del siglo XX. Jun 2013, vol.20, no.2

Ortega Martos, Antonio Miguel. ¿Colonialismo biomédico o autonomía de lo local? Sanadores tradicionales contra la tuberculosis. Dic 2010, vol.17, no.4

Álvarez, Adriana. La experiencia de ser un ‘niño débil y enfermo’ lejos de su hogarel caso del Asilo Marítimo, Mar del Plata (1893-1920) . Mar 2010, vol.17, no.1

Carbonetti, Adrián Carlos Alfredo. La tuberculosis en la literatura argentinatres ejemplos a través de la novela el cuento y la poesía. Feb 2000, vol.6, no.3

Armus, Diego. Milonguitas” en Buenos Aires (1910-1940)tango, ascenso social y tuberculosis. 2002, vol.9

Leia no Blog de HCS-Manguinhos:

Liga de 1900 é marco na luta contra a tuberculose no Brasil
Em entrevista para o Especial Tuberculose da Agência Fiocruz de Notícias, a historiadora da Casa de Oswaldo Cruz Dilene Raimundo do Nascimento abordou o trabalho de médicos e intelectuais do início do século passado

Suíça brasileira
Artigo em HCS-Manguinhos discute a construção da estância climática de Campos do Jordão sob influência do médico, geógrafo e empreendedor Domingos Nogueira Jaguaribe Filho

Uma breve história da tuberculose
Publicação bilíngue (inglês/português) da Universidade de York traz imagens e textos analíticos

‘La ciudad impura’, de Diego Armus, disponível para download gratuito
Livro reconstrói a história social da tuberculose em Buenos Aires entre 1870 e 1950

Retratos dos pulmões
Reportagem da Pesquisa Fapesp aborda a invenção da abreugrafia, a máquina para detectar tuberculose, rememorada no livro O mestre das sombras – Um raio X histórico de Manoel de Abreu.
 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *