A ciência a serviço da saúde humana e ambiental: entrevista com o químico, geneticista e ambientalista Flávio Lewgoy

Abril/2017

Flávio Lewgoy

Químico, geneticista, perito criminalístico e ambientalista, Flávio Lewgoy (1926-2015) acreditava possuir o dever de usar os conhecimentos científicos para sustentar suas posições na militância ambiental e percebia esta atuação como um compromisso ético, uma retribuição à sociedade, por sua formação, realizada em instituições públicas.

O cientista protagonizou importantes lutas pela saúde humana e pela qualidade ambiental no Rio Grande do Sul, tendo sido um dos responsáveis pela redação das leis estadual (1982) e federal (1989) dos agrotóxicos.

A professora Elenita Malta Pereira, do Departamento de História/Universidade Estadual do Centro-Oeste, entrevistou Lewgoy em 2014, em sua casa, em Porto Alegre. O intuito era conversar sobre sua relação com José Lutzenberger, seu objeto de estudo no doutorado. Entretanto, a entrevista foi além do tema previsto, e ele falou de vários temas, como as lutas em que se envolveu, especialmente contra os agrotóxicos, e a importância de sua formação como químico e geneticista na militância ambientalista.

Lewgoy faleceu no ano seguinte, aos 89 anos. “Conforme o leitor poderá perceber na entrevista, em um balanço pessoal, entre vitórias e derrotas, parecia estar satisfeito com o que realizou na vida. Acreditava no compromisso ético e social do cientista”, conta Elenita.

Leia em HCS-Manguinhos:

A ciência a serviço da saúde humana e ambiental: entrevista com o químico, geneticista e ambientalista Flávio Lewgoy. Entrevista concedida a Elenita Malta Pereira (vol.24, no.1, jan./mar. 2017)

Acesse o sumário

Salvar

Leave a Reply