Recent Posts

A promessa da história: Astana, São Paulo e os desafios do Brasil

Leia a Carta dos Editores Marcos Cueto e André Felipe Cândido da Silva da última edição de 2018

Nova edição de HCS-Manguinhos traz dossiês sobre parto e mortalidade infantil

Na Carta dos Editores, os pesquisadores Marcos Cueto e André Felipe Cândido da Silva saúdam a nova Declaração sobre Atenção Primária à Saúde, apresentada na conferência de Astana, no Cazaquistão, em outubro de 2018. Acesse a edição completa.

Mapeamento de amas de leite no Rio de Janeiro na Primeira República recebe menção honrosa em prêmio do AGCRJ

Leia entrevista da autora, Caroline Amorim Gil, aluna de doutorado do Programa de Pós-Graduação em História das Ciências e da Saúde (PPGHCS/COC/Fiocruz), ao Blog de HCS-Manguinhos.

Parto, nascimento e mortalidade infantil em HCS-Manguinhos

Dossiês na última edição de 2018 oferecem perspectivas novas e complementares a todos que estejam interessados no passado e no presente da saúde pública

Arquitetura hospitalar Brasil-Portugal é tema de livro da Coleção História e Saúde, da Editora Fiocruz

Organizada pelo arquiteto e urbanista Renato Gama-Rosa, pesquisador da Casa de Oswaldo Cruz (COC/Fiocruz), e Cybelle Miranda, pesquisadora da Universidade Federal do Pará (UFPA), a publicação é resultado de estudos realizados por pesquisadores das duas instituições, além da Universidade de Lisboa, da Universidade Lusíada de Lisboa e do Município de Fafe

Artigo analisa discursos sobre pílulas anticoncepcionais em A Gazeta da Farmácia de 1960 a 1981

Para os profissionais de farmácia, os anticoncepcionais orais se apresentaram como “as pílulas da oportunidade”, seja no sentido dos lucros, seja no sentido de resgatar seu prestígio no campo científico, clínico-terapêutico e político, afirmam os autores.